Comidi realiza reunião para avaliar e planejar suas atividades

Pastorais e movimentos  29 de junho

No último sábado, 29 de julho, o Comidi (Conselho Missionário Diocesano) reuniu-se na paróquia São Paulo Apóstolo, Lagoa Vermelha, para avaliar a caminhada feita desde sua criação e refletir sobre os próximos passos.

No encontro foi destacado que no mês de Julho será realizada em Santo Antônio da Patrulha uma formação missionária promovida pelo Comire (Conselho Missionário Regional) e o 3° Congresso Missionário Nacional de Seminaristas.

Segundo Padre Felipe Carra, coordenador do Comidi, quatro prioridades foram elencadas para a atuação do Comidi na Diocese de Vacaria: 1) fundar e articular os Comipas nas paróquias, grupos que estarão em contato com as diversas realidades; 2) que os Comipas proponham, em suas iniciativas, formação e visitação, e que possam chegar nas pessoas que desenvolveram a Missão Continental; 3) Articular, a longo prazo, um encontro de formação e experiência missionária a nível diocesano; 4) continuar os trabalhos, em sintonias com as diretrizes diocesana.

A curto prazo, segundo Padre Felipe, o Comidi buscará trabalhar nas paróquias e na Diocese o Mês/Ano Missionário Extraordinário, dentro da proposta do Papa Francisco e das Pontifícias Obras Missionárias, em conformidade com a realidade diocesana.

O Mês Missionário Extraordinário, que ocorre em outubro de 2019, foi proclamado pelo Papa Francisco com o tema "Batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo". Sua realização busca despertar a consciência da missão ad gentes e dar novo impulso a transformação missionária das atividades pastorais e da vida de todo batizado. No Brasil há a expectativa de que as atividades realizadas nos mês de outubro se prolonguem por um ano. Deste modo, há o convite para que as atividades realizadas nas paróquias e dioceses, como novenas, tríduos, romarias e retiros, sejam marcadas pela reflexão missionária.

Texto e fotos: Pascom

IMAGENS

FACEBOOK

Outras notícias