Mensagem de Natal de Dom Orlando Dotti

Artigos  21 de dezembro

“Hoje, na cidade de Davi, nasceu para vós o Salvador, que é o Cristo Senhor” ( Luc. 2,11).
Esta é a melhor notícia que recebemos ao longo de toda a história da humanidade. É o anúncio alegre que nos fez o mensageiro de Deus.
Se para nós tudo é festa e alegria, para o recém-nascido de Belém não foi assim.
“Não havia lugar para Ele na hospedagem” por isso foi nascer numa estrebaria. Não havia para Ele um berço macio e quentinho, por isso foi deitado numa dura e fria manjedoura. A mãe, prevenida, dispunha apenas de rude faixas para envolve-lo. Os pastores, assustados e perturbados em sua lida de cuidar do rebanho, foram à gruta e encontraram um pobre casal, Maria e José, e um Menino deitado num cocho de animais, prostrados diante Dele o adoraram.
Herodes, furioso por ter sido enganado pelos reis magos, mandou matar todos os meninos de Belém de dois anos para baixo. Sabendo disso, José levantou-se rapidamente, de noite, tomou o Menino e sua mãe e retirou-se para o Egito. Antes mesmo de conhecer sua pátria, o recém-nascido conhece o exílio.
A história se repete. Quantos meninos-Jesus nascem hoje em condições desumanas! Quantos não tem roupa para vestir, casa para morar! Perseguidos ou abandonados não tem se quer lugar para se esconder!
Que este Natal nos acorde do torpor de nosso bem estar e abra nossos olhos para a realidade que nos cerca. Que este Natal nos traga a alegria de poder servir o JESUS das manjedouras de nossos dias e cidades, o Jesus dos refugiados de nossos Herodes.
Dom Orlando Dotti
Bispo Emérito da Diocese de Vacaria
Dezembro de 2018.

 

FACEBOOK

Outras notícias